O que é ATS?

o que é ats

Seu negócio está crescendo e você precisa contratar novos funcionários para cumprir com os contratos que não param de chegar. Você posta algumas ofertas em suas redes sociais com o um email de contato. É quando o pesadelo começa: uma enxurrada de mensagens com currículos inunda sua caixa de entrada e não deixa você se concentrar no trabalho.    

A boa notícia é que a tecnologia pode lhe ajudar a evitar esse problema. 

Neste post trataremos dos chamados ATS, uma boa opção para resolver a dor de cabeça na hora de selecionar candidatos para os projetos da sua empresa.  

O que é ATS?

ATS é a sigla em inglês para applicant tracking system. Simplificando, são os softwares que facilitam o processo de recrutamento e seleção.

Esses programas podem melhorar a velocidade e a eficiência desses processos das seguintes formas:

  • Ajudando a selecionar e publicar as vagas em aberto em vários sites de empregos.
  • Analisando currículos  —com um processo que limpa a formatação, deixando apenas o texto— para que você não precise fazer malabarismos com gráficos e layouts confusos.
  • Agendando entrevistas, ajudando a avaliar e classificar candidatos e enviando automaticamente emails de resposta.

Alguns desses softwares possuem recursos adicionais para facilitar a integração de novos funcionários, enquanto outros podem gerenciar o ciclo de vida de toda a equipe e ajudar nas avaliações de performance, promoções e desligamentos.

Todas essas funcionalidades se combinam para tornar os processos básicos de RH mais rápidos e fáceis tanto para você e os candidatos como para os novos contratados e a equipe já existente.

O que um ATS faz?

A principal função de um ATS é rastrear os candidatos. Esses sistemas permitem que eles façam o upload e/ou insiram informações de seus currículos, com o objetivo de facilitar o trabalho do recrutador.

captura de tela gupy
Captura de tela do Gupy, software de recrutamento e seleção brasileiro (Fonte)

Um bom ATS também deve contar com uma funcionalidade que ajudará você no acompanhamento dos candidatos. O nome, o currículo e todas as anotações feitas sobre eles serão mostrados em um painel para que você possa observar com facilidade quem é quem.

Determinados sistemas podem ajudar o recrutador a agendar as entrevistas ou fornecer um modelo para fazer anotações em cada uma delas, para depois poder comparar os candidatos de forma estruturada.

captura de tela do kenoby
Área de trabalho do Kenoby, software utilizado por empresas como Renault (Fonte)

Quem normalmente usa um ATS?

Softwares de recrutamento e seleção são daquelas raras tecnologias que ajudam a todos. As empresas onde você quer trabalhar, as concorrentes, grandes e pequenos negócios. O principal desafio é encontrar o sistema certo para o seu negócio.

Eu preciso ter um ATS?

Tecnicamente, é possível contratar funcionários sem ajuda de um ATS. Você pode receber todos os currículos por email, enviar mensagens aos candidatos para obter mais informações, trocar mensagens até conseguir agendar todas as entrevistas, tentar se organizar entre suas anotações sobre os candidatos, depois escrever individualmente para quem segue e quem está fora do processo de seleção.

É trabalho suficiente para qualquer pessoa se sentir sobrecarregada. Ao não usar um ATS, você está perdendo muitas horas de trabalho.

Se você não usa um sistema do tipo, está trabalhando com tecnologia ultrapassada e tornando a vida mais difícil para você mesmo e para sua empresa. Com tantas soluções gratuitas, não há razão para você não usar um.

Qual é o futuro dos softwares de recrutamento e seleção?

Com o passar do tempo, os principais recursos dos sistemas ATS se tornaram bastante estáveis. A inovação assume a forma de funcionalidades mais poderosas ou novos recursos inteligentes que dão um impulso extra à produtividade (como a gamificação das funções de recrutamento).

Recrutadores experientes devem começar a procurar softwares que facilitem a diversidade na contratação ao publicar em uma ampla gama de sites de empregos, que atraiam candidatos mais criativos e que fujam de interfaces de usuário pouco amigáveis.

Sistemas de recrutamento e seleção que quiserem seguir atualizados deverão: 

  • Considerar currículos mais interessantes no processo de análise (por exemplo, um designer gráfico cujo currículo exibe suas habilidades).
  • Ser mais generosos com as palavras-chave (sistemas de recrutamento e seleção possuem funções para arquivar os currículos sem as palavras-chaves relacionadas com a descrição da vaga em questão).
  • Tornar as visualizações dos recrutadores mais elegantes, modernas e fáceis de usar.

Dúvidas sobre recrutamento e seleção?

Se você ficou com alguma dúvida ou quer saber mais sobre outros temas relacionados a recrutamento e seleção, deixe um comentário abaixo ou siga o o @Capterra_BR no Twitter para saber! 

Busca sistemas de sistemas de gestão de talentos? Confira nossa lista completa deste tipo de software, compare entre as opções e leia avaliações dos produtos.